A criança e o Chi Kung

      SITE FLICKR.COM Disponível em: https://www.flickr.com/photos/58982967@N00/98495420/ Visitado em: 01/08/2019

 Ler em Português      Read in English


A ativação dos lobos frontais proporcionada pelo chikung tem um impacto múltiplo sobre o desenvolvimento da criança. 
 Neste artigo iremos debruçar-nos sobre alguns dos mais importantes efeitos do chikung, tendo particularmente em atenção a criança. 

• Nos métodos dinâmicos do chikung há intensa solicitação de dois pólos extremos: 
• Os lobos frontais, sede de retenção deliberada e intensa, requerida pela realização dos exercícios. 
• As zonas mais basilares e arcaicas, nomeadamente a medula espinal, veículo de transmissão do complexo jogo de impulsos nervosos implicados pelos elaborados movimentos gradualmente ministrados. 
• As zonas intermédias, nomeadamente os patamares mesencefálicos ligados à vida emotiva, são também beneficiadas. As suas zonas emotivas - em geral tanto mais perturbadas quanto mais graves as dificuldades na aprendizagem - são submetidas a uma dupla ação harmonizadora. 
 Por um lado, a atividade dos lobos frontais, ao ser reforçada pelas vias atrás referidas e outras disponíveis no método, vai exercer, graças à cronaxia hierárquica do sistema nervoso, uma ação de inibição sobre os quadros mesencefálicos ligados a vivências emocionais excessivas (disruptivas, isolacionistas ou anti-sociais). 
 Estes quadros - desencadeados no mesencéfalo pela influência das zonas mais arcaicas do cérebro - encontram nessa ação acrescida dos lobos frontais uma importante influência moderadora e harmonizadora. 
 Além disso, a reeducação dos padrões posturais e dinâmicos - ligados a centros cerebrais intimamente articulados aos que se têm estado a referir - vai somar os seus fortes e reconhecidos efeitos de apaziguamento e relaxamento da atividade emotiva e mental. 

      SITE EN.MINGHUI.ORG Disponível em: http://en.minghui.org/html/articles/2015/8/22/152187.html Visitado em: 02/08/2019

Finalmente, os lobos frontais são incontestadamente a sede das faculdades superiores do espírito, dependendo em absoluto da sua conveniente ativação o exercício do pensamento abstrato (tão importante, por exemplo, na disciplina de Matemática), a autoconsciência (indispensável para um bom desenvolvimento global da criança), o pensamento criador e os níveis superiores de regulação da atividade conceptual. 
 A ativação dos lobos frontais, mediante os meios fáceis e comprovados do chikung torna-se particularmente interessante na criança, vindo a constituir-se como a principal premissa de um desenvolvimento intelectual. 
 É característica do método, ainda, uma aproximação multiforme ao processo referido. Em simultâneo com a estimulação das zonas cerebrais referidas (graças à solicitação-estimulação funcional) estão presentes, em todas as fases, fatores e condições que propiciam, pela sua influência direta, aquilo em que a ativação dos patamares superiores do cérebro acabará por se traduzir do ponto de vista fisiológico: um aumento substancial do nível energético e da irrigação sanguínea das zonas implicadas, com implemento reconhecido da própria estrutura arterial da região. 
Por fim, saliente-se o impacto da forma como a criança realizou a sua aprendizagem motora e postural sobre o seu carácter, as suas capacidades e os seus bloqueios. 
A reeducação dos padrões comportamentais bloqueadores, hoje frequente na psicoterapia e na pedagogia é, em muitos casos, condição necessária à abertura de vias para o progresso pessoal e escolar. 

* Artigo escrito por José Faro, ESMTC. (Especialista de Medicina Tradicional Chinesa), traduzido por Damian Grainer e Joana Freches Duque, publicado e paginado por Joana Freches Duque.

www.chikung-terapeutico.com

www.esmtc.pt

www.healing-project.com





Comentários

Mensagens populares